Autonomous Response

As equipes de segurança estão sobrecarregadas. As ameaças atuais se movem tão rápido que são capazes de derrubar centros de dados inteiros em questão de minutos. À medida que esses ataques ficam mais avançados a cada dia e que o negócio digital cresce em escala e complexidade, as equipes humanas de segurança simplesmente não são capazes de responder a ameaças com a rapidez necessária.

A tecnologia de Resposta Autônoma da Darktrace, a Darktrace Antigena, utiliza a IA Cibernética para calcular a melhor ação a ser adotada, no menor período de tempo, para responder com eficiência a um ataque virtual.

Devido ao fato da IA Cibernética da Darktrace aprender do zero ‘a personalidade’ de sua empresa e possuir uma compreensão altamente evoluída do que é normal, ela consegue responder a ameaças sutis nunca antes vistas, mas que são capazes de comprometer sistemas ou dados vitais.

O mundo virtual é como o corpo humano. É preciso reconhecer o fato de que um dia você será infectado, mas que o seu sistema imunológico detectará essas ameaças, as combaterá e reduzirá o seu impacto.
Michael Chertoff, ex-secretário do departamento de segurança nacional dos EUA

Similar a um anticorpo digital no sistema imunológico humano, a Resposta Autônoma funciona ao impor o ‘padrão de comportamento’ de um usuário ou dispositivo perigoso, ao neutralizar com precisão cirúrgica as ameaças e ao fornecer às equipes de segurança o tempo crítico para se organizar e reagir.

A tecnologia Autonomous Response AI da Darktrace é a primeira do gênero e foi reconhecida como uma “inovação pioneira” pelos melhores especialistas do setor, tais como a Royal Academy of Engineers.

Próximo: Cyber AI Analyst